sábado, 2 de novembro de 2019

MEX - Do México ao Avistar Brasil 2019

Você deve estar se perguntando o que uma coisa tem a ver com a outra, mas vamos lá, vou contar como tudo começou. Inclusive porque coloquei o título "Do México ao Avistar Brasil 2019". Leia a seguir como foi essa viagem e saiba também um pouco do que foi o grandioso evento sobre aves no Brasil. Tudo descrito com muita emoção e passarinhos.

tela na frente da minha poltrona

Na época que eu fotografava automobilismo (2007 a 2013), eu conheci a Cristiane Thurm, que se tornou uma amiga querida. A gente sempre batia papo entre um cafezinho e outro nas salas de imprensa dos autódromos espalhados pelo Brasil.

segunda-feira, 21 de outubro de 2019

SP - Albatroz à vista

"Fabiooo, albatroz, albatroz à frente." 


Quando ouvi isso, minha mente se libertou do torpor do sono e disse: "Epa!!! Acho que já amanheceu. Boralá?" Foi assim que acordei de sexta pra sábado no dia 19 de outubro p.p a bordo do barco Capitão Ximango.

quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Compilação dos meus poemas

Original escrita dia 11/02/2018 e publicada no mesmo dia



*Que mistérios guarda em seu coração? O que habita o seu interior? O que povoa suas sombrias matas? ...
*Que sorte a minha ser envolta em seus braços e dentro de ti deixar voar os meus sonhos sobre as asas dos pássaros que abrigas.
Você me fez sentir tão pequenina e ao mesmo tempo tão grande por poder te admirar, assim tão altiva e senhora dessas terras.
Ó linda e majestosa floresta, que o bicho homem aprenda a te construir. Chega de destruição. Eterna seja !!!!
Texto by Silvia Linhares
(Foto by Jeanne Martins)






*
*
*
----------------------------------------------

Original escrita dia 26/01/2020 e publicada no mesmo dia

(Foto by Silvia Faustino Linhares - feita em Alter do Chão/PA)

Quando criança a lenda da vitória-régia povoava meus sonhos...
Um deus em forma de lua transformava moças da floresta em estrelas.
Uma delas queria brilhar para sempre ao seu lado. Vendo o deus refletido na água, ao tentar beijá-lo, terminou por afogar-se.
E ele penalizado, transformou-a em uma linda estrela d’água. Dando origem assim à vitória-régia.
Está um bocadinho resumido, mas a lenda completa pode ser pesquisada na web.

A lenda menciona coisas que gosto muito, floresta, luzes, amor. Eu incluiria um passarinho na história com certeza.

A minha história seria um pouco diferente:
Uma corujinha me levaria em suas asas até o deus dos céus, e juntos a luz do nosso amor iluminaria todas as florestas, todos os corações, todos os bichos, todas as flores, porque eu ainda acredito que o amor pode vencer todo o mal do mundo e iluminar alguns corações escuros.

Foto e texto: Silvia Faustino Linhares

Encontrei em minhas pesquisas uma música gaúcha, chamada Vitória-régia, poesia mais linda do que esta, nem no meu dia mais inspirado eu conseguiria. (link ao final)

Interpretada por Wilson Paim e Shana Müller (segunda voz)
Composição: Salvador Lamberty / Wilson Paim.

"Naquela noite radiante surgiu a lua no poente
Tão alva quanto as estrelas tu surgiste de repente
No encanto da natureza o mundo era um jardim
Aquela flor cativante ali sorrindo pra mim
Aquela flor cativante ali sorrindo pra mim

Sempre vaguei livremente nas asas da liberdade
Hoje ando unicamente buscando a felicidade
E a felicidade apenas virá pelo teu sorriso
Andarei rumo aos teus olhos pra habitar teu paraíso

(Dois olhos que se tocaram o pulsar de dois corações
Dois seres enamorados levitando em emoções
Sou flor de vitória régia que enfeita a noite dos rios
quero que enfeites a vida de um coração tão vazio)

Busquei tanto o reencontro nunca mais te encontrei
Andei por todos jardins onde andas eu não sei
Traga a minha liberdade antes da tarde ter fim
Eu serei teu beija flor se vieres pro meu jardim"









*
*
*
----------------------------------------------


segunda-feira, 29 de julho de 2019

MT - Expedição Fazenda Anacã 2019

Minhas andanças pelo Mato Grosso, tendo a Fazenda Anacã como pano de fundo.

06 de junho de 2019

O Mato Grosso é um Estado que faz parte da minha vida desde a minha infância, ainda quando era um único Estado. Tenho muitas recordações e passagens por ele. Mas foi na minha fase adulta que ele tornou-se deveras marcante, graças a sua magnífica avifauna e amigos maravilhosos que encontrei durante as várias passagens que fiz em busca de registrar penosinhos. Todas foram incríveis e somente a primeira que menciono abaixo foi contada aqui no bloguinho.

A falta de tempo e o "depois eu escrevo e posto" foram fazendo eu ficar em débito comigo mesma. Eu pretendia colocar tudo em dia neste mês de julho, mas devido a acontecimentos inesperados e a grande perda que sofri, (a partida do meu "papis") novamente vou postergar um pouco mais.

Vou aproveitar a oportunidade para mencionar todas elas nesse post e quando o tempo e a inspiração me permitirem, pretendo descrevê-las, uma a uma, com maiores detalhes.

domingo, 26 de maio de 2019

A vida é gostosa como um prato de morangos com creme de leite


A vida é gostosa como um prato de morangos com creme de leite.


Outro dia um amigo super querido me enviou pelo wapp uma música dizendo que ela me definia. Eu não conhecia a música. Procurei a letra pra ouvir e cantar junto entendendo a sua aplicação à minha pessoa. Quer saber? Eu me identifiquei demais. E por isso resolvi compartilhar aqui no bloguinho, porque lá no Facebook as postagens são engolidas por um buraco negro e somem. Segue um texto que explica um pouco porque eu curti tanto essa letra da música. (letra ao final)

sexta-feira, 19 de abril de 2019

SP - A incansável busca pela guaracava-de-crista-branca (Elaenia chilensis)

Tem passarinhos que passam anos sem que a gente consiga um simples registro deles. Mas tem alguns que se parecem com um espinho enfiado na garganta e só nos dá alívio quando a gente se livra deles. A guaracava-de-crista-branca (Elaenia chilensis) vinha me dando um olé desde março de 2014, onde durante uma passarinhada organizada pelo amigo Edson Endrigo, ela foi avistada de longe, porém não consegui um registro postável. Depois disso, sempre teve um amigo ou guia avisando onde essa migratória criaturinha chilena estava passando, mas nunca dei a sorte de ter vaga na agenda pra ir tentar. Como ela é só uma Elaenia sem gracinha (entendedores entenderão kkkkkkkkkk), a gente não se esforça muito.

Eu by José Dionísio Bertuzzo no Parque Central de Santo André


quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

MS - Passarinhando pelos terras sul-mato-grossenses

Espero que esse post transmita toda a "mágica" que eu senti durante a realização dessa viagem. Ao tentar colocar meus pensamentos e sentimentos em palavras aqui é como se eu estivesse viajando de novo. Então, venha junto, viaje comigo!!

Dando continuidade à recente mega expedição que fiz ao Mato Grosso DO SUL, cuja primeira parte literalmente terminou em pizza - rs rs rs  (leia mais pelo link -> MS -Serra do Amolar e a I Expedição a bordo do Lord do Pantanal), vou fazer alguns esclarecimentos iniciais antes de contar como foi a viagem propriamente dita. Ah! Leia até o final, tem poema e homenagem! Larga de preguiça, vai ... rs rs rs

A beleza escandalosa das araras vermelhas no Buraco das Araras


terça-feira, 15 de janeiro de 2019

MS - Serra do Amolar e a I Expedição a bordo do Lord do Pantanal

Apesar da demora, consegui concluir mais uma postagem recheada de emoção do começo ao fim. Tudo começou no dia 18 de maio de 2018 (fica tranquilo eu vou pular alguns meses kkkkkk). Era uma manhã de sexta-feira bem tranquila. Saí com os amigos para ir ao "AVISTAR  Brasil" no Instituto Butantã.

Assim que cheguei, o biólogo e passarinheiro, até então apenas amigo virtual, Thomaz Lipparelli, me pegou pela mão, me levou até o estande do Instituto Serra do Amolar e mostrou um folder, em seguida mostrou um vídeo contendo as belezas da desconhecida e secreta Serra do Amolar.

Tuiuiú (Jabiru mycteria) - ave símbolo do Pantanal - Foto by Silvia Linhares

Capa do folder oficial

domingo, 11 de novembro de 2018

SP-MG - Uma viagem pelo cerrado em busca de jóias aladas

Esse ano tive a sorte de fazer incríveis viagens e conhecer pessoas maravilhosas. Algumas eu já postei no Bloguinho. Tenho algumas iniciadas e não postadas ainda. Mas todas elas tem um componente incrível: o companheirismo e a amizade.*
*Amizade: substantivo feminino - sentimento de grande afeição, simpatia, apreço entre pessoas ou entidades. (Google)

Eu vou contar sobre a última, porque foi curtinha e mexeu muito comigo.

Desde que cheguei do Uruguai no final de agosto estou tentando ir fotografar o famoso bacurau-de-rabo-branco (Eleothreptus candicans). Essa ave é ameaçada de extinção. No Brasil, sua ocorrência é bem restrita. Só foi  vista nos Estados de Goiás e Mato Grosso do Sul, na reserva do Parque Nacional das Emas e agora no Triângulo Mineiro no Estado de Minas Gerais. Ano passado estive no PARNA das Emas com a intenção de vê-lo, mas um escorregão numa parte mal conservada de uma das trilhas me levou ao hospital e tive que ficar de repouso. Proibida pelo médico de passarinhar, o jeito foi retornar à Brasília com a amiga Fernanda, perdendo a oportunidade de vê-lo.

bacurau-de-rabo-branco (Eleothreptus candicans)