domingo, 29 de maio de 2011

O que fazer num domingo muito frio e com céu azul?

Domingo frio com sol gostozinho e céu azul, amigos passarinheiros e fotógrafos gripados sem poder sair de casa, elite das aves em campo, mas só a cúpula, então o que fiz? Levantei 6:30h e fui sozinha para o  Parque do Ibirapuera “caçar” passarinhos com minhas lentes... Levei só a SX30IS. Deu prá brincar...Tinha muito pouca gente quando cheguei, mas uma festa para os meus olhos no gramado logo que cheguei.


Nenhum lifer novo, mas como amo observar os penosinhos, até um sabiá-laranjeira gordinho ou um gritão bem-te-vi para mim é uma festa. As eritrinas estão começando a florir e a paisagem do Parque, mesmo no inverno, está muito bonita, verde e agradável.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Saiba quem votou contra ou a favor das alterações no Código Florestal

A Câmara dos Deputados votou a favor das alterações no Código Florestal. O Projeto de Lei 1876/99 foi aprovado por 410 votos contra 63 e uma abstenção.

A conservação ambiental deve estar acima dos interesses de deputados que promovem um modelo retrógrado de desenvolvimento. O Brasil precisa olhar para o futuro e ser o líder de uma economia verde, baseada no desenvolvimento sustentável, com uma agricultura responsável e sem "correntão" em matas nativas.

Veja na lista abaixo se os políticos que elegemos votaram contra ou a favor das mudanças no Código Florestal. Escreva aos seus deputados e manifeste sua opinião. E guarde esses nomes para os responsabilizarmos pelo futuro de nossas florestas e os impactos ambientais.


Fonte: Edson Calil/WWF

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Um par para lá de especial

Algo quase improvável, mas extremamente encantador. Fum é um gato preto e Gebra uma coruja de celeiro. Seriam presa e predador se essa amizade não os unissem, talvez sejam amigos reencarnados. Eu gosto dessa idéia, pois não consigo encontrar outra explicação. O amor e a amizade, na minha visão, transcendem o espaço e o tempo.

Assista o vídeo a seguir...>>>

domingo, 15 de maio de 2011

Concurso Avistar Brasil

No último dia 15, no teatro do Colégio Santa Cruz, em um gostoso espetáculo, a organização do Avistar Brasil revelou os premiados pelo Concurso de Fotografia Avistar 2011.

Antecedendo o evento, pudemos conhecer a simpática Martha Argel, Consultora da Wildlife Conservation Society, coordenadora do Projeto Aves do Brasil - Aproximando as pessoas e as aves, paulistana, bióloga com doutorado em ecologia de aves, escritora de literatura fantástica, crônicas e divulgação científica. Além de coordenadora do Projeto, atuou como tradutora do primeiro livro da série - Pantanal e Cerrado - Ed. Horizonte. Martha, muito simpática concedeu um autógrafo ao meu exemplar e ficou muito feliz que ele já está em uso a mais de mês.

Martha Argel e eu (Silvia Linhares)
Outro momento bacana aconteceu com Jarbas Agnelli contando a história de como o vídeo Birds on The Wires mudou a vida dele.

Resultado do Concurso Avistar 2011 - Melhor Fotografia

Melhor Fotografia - as melhores fotos de aves, segundo critérios fotográficos e estéticos
(fonte: Site Avistar Brasil)

Resultado do Concurso Avistar 2011 - Melhor Registro

Melhor Registro - os melhores registros de aves, segundo critério de raridade, singularidade do momento ou do comportamento
(fonte: Site Avistar Brasil)

Resultado Concurso Avistar Brasil - Primeiras aves

Primeiras Aves - Fotografia feitas com câmeras compactas
(fonte: Site Avistar Brasil)

Resultado do Concurso Avistar Brasil 2011 - Vox Populi

 Vox Populi - as melhores fotos escolhidas por voto popular 
(fonte: Site Avistar Brasil)

sábado, 14 de maio de 2011

Código Florestal: Entenda o que está em jogo com a reforma de nossa legislação ambiental

Animais sem teto - Autor: Cleber Mario Teles Borges de
Barros - Salvador - Concurso Humor Fenae
O coletivo de organizações não-governamentais ambientalistas SOS Florestas lançou esta semana em janeiro de 2011 a cartilha Código Florestal: Entenda o que está em jogo com a reforma de nossa legislação ambiental. A publicação busca explicar, com argumentos técnicos, científicos e históricos, as principais consequências das mudanças propostas pelos deputados ruralistas ao Código Florestal.

Com o documento, o SOS Florestas procura levar para parlamentares, imprensa e cidadãos brasileiros um debate que vem ocorrendo em portas fechadas, de forma tendenciosa sem ouvir o movimento social, especialistas e academia. A cartilha será distribuída para parlamentares e tem sua versão eletrônica disponibilizada na íntegra no site do WWF-Brasil.

terça-feira, 10 de maio de 2011

Sensor nas Câmeras Digitais

Publicado por Claudia Regina em Dicas de Fotografia
 
Observação: O Material da Cláudia é tão bom que resolvi replicar aqui.

"Já falei no artigo 5 Mitos da Fotografia sobre o superestimado item observado na hora de comprar uma câmera: a resolução. Na realidade o fator que deveria ser levado em consideração antes da resolução de milhares de megapixels é o sensor.

O sensor fica na sua câmera digital no mesmo lugar onde ficava o filme na câmera analógica. Quando você tirava uma foto o filme rodava e ia para a próxima pose. O sensor não “roda”, ele manda a foto para o processador da câmera que manda para o cartão de memória, assim sua câmera fica pronta para a próxima “pose”.

onde está o sensor

É o sensor que vai definir a qualidade da sua imagem final. Entenda melhor os tipos e tamanhos de sensores e compre uma câmera que supra suas necessidades.

terça-feira, 3 de maio de 2011

Sylvia é uma gênero de aves passeriformes

Toutinegra-de-barrete-preto (Sylvia atricapilla)
Macho recolhendo material para o ninho
Sylvia (género)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Sylvia (gênero)
Sylvia é uma género de aves passeriformes, onde se classificam 24 espécies de felosas, papa-amoras e toutinegras.

O grupo ocorre na Europa, Sul e Sudeste Asiático, África e Arábia. São aves de pequeno porte, muito ativas, que se movimentam constantemente em busca dos insetos de que se alimentam. Habitam zonas de bosque e floresta aberta, campos agrícolas e áreas urbanas.

A maioria das espécies apresenta dimorfismo sexual e os machos distinguem-se, habitualmente, por manchas, riscas ou coroas pretas na cabeça. As espécies que nidificam em climas temperados são migratórias.

Sylvia
Sylvia borin
Sylvia borin
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Sylviidae
Género: Sylvia
Scopoli, 1769
Toutinegra-de-barrete-preto (Sylvia atricapilla)
Macho recolhendo material para o ninho

Espécies