quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Aves da minha rua

Moro no 3º andar de uma área extremamente urbanizada e vários "bichinhos" me brindam todos os dias com o seu cantar, ...ontem e hoje consegui várias fotos deles...

Fico pensando, quantas aves passaram batidas pelos meus olhos e ouvidos durante minha vida, mas depois que comecei a observá-las e fotografá-las vejo o tanto que elas estão presentes no nosso dia-a-dia. E não são só pombas e pardais. Aqui tem Sanhaçus, Alma de Gato, Cambacica, João de Barro, Sabiá-Laranjeira, Suiriri, Avoantes, Periquitos e tenho certeza que nas árvores ao redor tem muito mais...

Cambacica (Coereba flaveola) – Bananaquit

Cambacica (Coereba flaveola) – Bananaquit

Cambacica (Coereba flaveola) – Bananaquit
Sanhaçu-do-coqueiro (Tangara palmarum) - Palm Tanager
Alma-de-gato (Piaya cayana) - Squirrel Cuckoo
Bem-te-vi (Pitangus sulphuratus) - Great Kiskadee
Periquito-rico (Brotogeris tirica) - Plain Parakeet
Suiriri (Tyrannus melancholicus) - Tropical Kingbird

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Parahawking in Nepal - The Best of 2010/2011

Se você está achando que a sua opção de turismo para as próximas férias está um pouco tediosa, que tal voar com parapentes com a ajuda de falcões e urubus? Parece bizarra a mistura de parapente com falcoaria, mas por 147 dólares (aproximadamente 300 reais), uma empresa de turismo do Nepal oferece este insólito passeio.

Embora a cidade de Pokhara, no Nepal, não tenha as mesmas opções culturais de Katmandu, capital do país, foi lá que esta incrível opção de turismo se instalou, depois do parapente tradicional já ser uma opção comum na região. O esporte é uma forma de voo não motorizado que utiliza o mesmo princípio de voo de muitos pássaros, que utilizam bolsas de ar quente para se manterem planando. Pokhara é quase um paraíso para o mercado de parapente: a latitude e o clima local fornecem ventos confiáveis para a atividade durante sete meses seguidos.

Além disso, o local tem uma das visões de alguns dos lagos e montanhas mais belos do país. O início da atividade Scott Mason era apenas mais um aventureiro quando chegou ao Nepal, há oito anos. Um dia antes de ir embora do país, ele resolveu experimentar um voo com o parapente, e notou que no local havia muitas aves de rapina. Apaixonado por esses pássaros desde a infância, Mason se perguntou se seria possível treinar os pássaros para ajudar os pilotos nas bolhas de ar.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

X Semana Voando com as aves da cidade 2011

Foto: Silvia Linhares
Local: Parque do Ibirapuera
Mini Curso de Observação de Aves do Parque do Ibirapuera.(para servidores, universitários e munícipes)

Cronograma
03/10 - 8:00 às 12:00 - aulas teóricas
Técnicas para Observação de Aves - Biol. Anelisa F. de Almeida Magalhães - DEPAVE3/SVMA
Diversidade das Aves na Cidade de São Paulo - Biol. Marcos Melo - DEPAVE3/SVMA

 04/10 - 7:00 às 12:00 - aula prática e trabalho em grupo
Observação de Aves pelo Parque do Ibirapuera - Técnicos e estagiários do DEPAVE3/SVMA
Atividade em grupo - Classificação das aves observadas

05/10 - 8:00 às 12:00 - palestras

O valor dos corredores florestais para a conservação das aves em paisagens fragmentadas - Biol. e Ms. Carlos E. Candia-Gallardo - LEPAC/USP
Fotografia de Aves de Vida Livre - Med. Vet. Ms. Samuel Eurich Betkowski - VRA/USP


Local: Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cultura de Paz
Av. IV Centenário, 1268, portão 7A, Viveiro Manequinho Lopes :: Parque do Ibirapuera :: São Paulo :: SP
 
Inscrições gratuitas [vagas limitadas] de 8 a 16 de setembro de 2011, através do e.mail: cursosfauna@prefeitura.sp.gov.br



Realização: DEPAVE 3 – Fauna

domingo, 4 de setembro de 2011

Descubra o mundo maravilhoso das AVES

O colega do CEO, Gilberto Lima, lançou um belo DVD,  com duração de 34 minutos,  mostrando momentos de 40 espécies de AVES BRASILEIRAS.

Adquira o seu clicando aqui.



Veja listas com os nomes populares, científicos e em inglês.